um bolo para Laura Brown

thehours

Há duas semanas, Lygia Calil, jornalista do jornal O Tempo, me procurou com uma proposta: escolher um filme que eu goste muito e fazer uma receita pra ele. Não pensei duas vezes em escolher As Horas (The Hours), filme do Stephen Daldry lançado em 2002. Ele conta a história de um dia na vida de três mulheres. Uma delas, na década de 1920, a escritora Virginia Woolf (Nicole Kidman). Outra, nos anos 2000, Clarissa Vaughan (Meryl Streep). Finalmente, uma dona de casa dos anos 1950, Laura Brown (Julianne Moore). O dia da Laura Brown que o filme mostra é dedicado inteiramente a fazer um bolo de aniversário para seu marido. Ela queria estar a par do que a sociedade da época esperava dela: ser uma dona de casa excelente, cuidar bem do filho e estar sempre bonita para o marido, um herói de guerra. Mas no fundo ela é uma ‘rata de biblioteca’ que não nasceu pra aquela vida. Ela tenta em boa parte do filme fazer o bolo perfeito, que demonstre o amor dela pelo marido e que varra todas as dores do mundo.

laurabrown01

Existe um grande problema: o medo que ela sente e a angústia frente ao mundo. Coisas que fazem um bolo perfeito são ingredientes bem medidos, pois o bolo é uma química: ovos grandes e frescos; manteiga para dar sabor e açúcar, que além do sabor, retém água, deixando o bolo mais úmido; peneirar a farinha para não ter nenhum grumo; a fôrma bem untada e enfarinhada para que ele não grude e por consequência não quebre; não abrir o forno antes de 20 minutos para que ele não murche; usar o velho truque do palito pra ver se o bolo está cozido por dentro. E claro, o amor contido nele também.

Nisso pensei em fazer um bolo que tenha um lado comfort food, sempre aquecendo os corações, e ao mesmo tempo um bolo bonito e apresentável em uma festa de aniversário. Como no filme nunca fala em sabores (e nem dá pra ver qual o sabor de bolo que ela faz), escolhi uma base bem com carinha de feito em casa. Um bolo fofinho de baunilha, e como sabor dominante, uma fruta da nossa estação atual, que pra mim ‘grita’ amor: figo. Os 8 figos da receita também podem ser trocados por qualquer outra fruta vermelha, na quantidade de 300g. Pode-se ainda usar geléia comprada pronta, mas prefiro as ‘pedaçudas’, feitas em casa, com menos açúcar.

A matéria saiu na sexta-feira passada, dois dias antes do Oscar, e se você quiser ler completa, está aqui.

ashoras

um bolo para Laura Brown

massa:

200 g de açúcar

200 g de farinha de trigo

40 g de amido de milho

1 colher (sopa) de fermento em pó

100 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente

2 colheres (chá) de extrato de baunilha

3 ovos

200ml de leite

recheio:

8 figos maduros

65 g de açúcar

100 ml água

cobertura:

300 g de cream cheese

100 g de manteiga sem sal em temperatura ambiente

100 g de açúcar

figos para decorar

Unte e enfarinhe uma fôrma redonda (uso uma de 20cm de diâmetro). Coloque o forno para preaquecer a 180ºC. Peneire a farinha, o amido de milho e o fermento em uma vasilha. Reserve. Bata bem a manteiga com o açúcar para obter um creme claro. Adicione a baunilha e, em seguida, os ovos, um a um, batendo sempre – pode fazer na batedeira, mas se não tiver faça à mão. Junte o leite pouco a pouco também, intercalando com os ingredientes peneirados, até que tudo esteja homogêneo. Coloque na fôrma e leve para assar por cerca de 30 minutos.

Enquanto o bolo assa, faça o recheio: Pique os figos em pedaços grosseiros. Coloque-os numa panela com o açúcar e a água e deixe cozinhar em fogo médio, mexendo de vez em quando, até tomar uma consistência de geléia. Vai demorar cerca de 20 a 30 minutos.

laurabrown03

Faça também a cobertura. Bata bem o açúcar com a manteiga, até ficar bem cremoso. Junte o cream cheese e misture bem.

Para montar, corte o bolo em duas partes para rechear, usando uma faca serrilhada. Dentro coloque toda a geléia de figos. Feche com a outra metade. Cubra tudo com o cobertura. Como ela é bem firme, com a ajuda de uma espátula dá pra cobrir o bolo todo, deixando-o bem liso. Decore com figos cortados em 4.

laurabrown02

rendimento 1 bolo de cerca de 10 pedaços

tempo de preparo 2 horas

dificuldade média

imagem_ouvindo

PS.: agradecimento especial a Paulo Raic, amigo entendidíssimo dos dramas de Laura Brown.

Anúncios

Tags: , , , , , ,

8 Respostas to “um bolo para Laura Brown”

  1. Lya. Says:

    Que lindo, e não parece difícil de fazer. Gui, o que é e como faz esses risquinhos nas amêndoas?

  2. Sara R. Boec Says:

    Que bolo lindo !:). Vc teria mais receitas de cobertura para bolo ? Minha nene é fresquinha, ela come um queijo parmesao inteiro, mas cream cheese ela nao come :))).

  3. Camila Navarro Says:

    Faço coro: o bolo ficou lindo mesmo! Acho que vou tentar sem a cobertura, só com o recheio e uns figos para acompanhar.

  4. Jussara Tuma. Says:

    Eu não conheço o filme… Fiquei curiosa! Aí, terminando de ler um livro (“Journal d’un corps”), o cara fala exatamente dele!!
    Vou ter que assistir (e fazer o bolo!).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: