carta amarela #59 – da convivência

imagem_cartas

Belo Horizonte, 8 de julho de 2013

Queridos amigos,

Faz algum tempo que comecei realmente a dar valor à convivência. Talvez com a experiência de morar sozinho, em um lugar cheio de desconhecidos me bastou pra isso. E a questão nem é conviver pelo medo de estar sozinho. É entender o quanto eu sou uma pessoa melhor pelas pessoas que me rodeiam. A convivência é difícil sim, principalmente com as pessoas mais próximas. Os pensamentos de cada um são distintos, as ideias, conceitos e vontades. Mas é justamente isso que me faz crescer. É o que eu posso aprender com aqueles que me cercam.

carta59

Queria ser tão amoroso e simpático como meu pai. Queria ter a doçura da minha mãe, e saber cultivar as mais belas flores que já vi com os dedos verdes que só ela tem. Ter os olhos amorosos do Fabrice. A liberdade do Léo. Ser solto no mundo como a Rê. Ter o fofurismo azedo do Rodrigo. E claro, todo o estilo que só ele sabe ter.

Queria ser uma pessoa tão bondosa quanto minha vó Pipida. E tão espevitado como minha vó Tereza. Ser companheiro como o Dricão, dono de palavras sempre sinceras e reconfortantes. Ter toda a dedicação que a Lorena tem com os amigos. Ser sábio como minha prima Sil. Ser presente sempre na distância nem sempre onisciente da Lily. Ter as tiradas mais engraçadas da Érika. Ser um conselheiro dos mais duros e críticos como a Lu, sempre feitos com afeto, claro. Entender de vinho e gentileza como o Leo.

Ter toda a animação e otimismo da Si(m) e a latinidade fervida da Deia. Ter respostas sempre à altura do Samir quando ele me faz passar vergonha. E ser sortudo como ele! Saber dizer não como a Gabi – até hoje ainda não aprendi. Ter o bom gosto musical do Teco, lembrar funks, axés e coreôs como o Marcus. Ter a risada contagiante da Danielle, cantar Kanye West como a Isabelle, ser um confeiteiro incrível como a Brittany e fazer um bolo de chocolate tão bem quanto a Carole. Saber ser o loser mais fofo do mundo que nem o Lucas, conseguir ganhar a vida vendendo coisas no eBay como o Alvin. Ser atencioso como Túlio e Mário, fotografar tão bem como o Gyan e fazer videos tão incríveis como os queridos Fabim, Roo e Bárbara do Chagelado.

Ser tão educado como o Tadeu, dono das melhores playlists. Ter um relacionamento luxo como o do Arízio e Roger. Ser afetuoso como as Joanas são na minha vida. Saber brincar e usar as palavras como a Didi. Incansáveis noites de cartas, todas guardadas com a caligrafia mais bonita que já vi. Taí, eu queria ter a caligrafia dela também.

Fato é que se for contar, muitos amigos ficaram de fora aqui. Se tenho facilidade em fazê-los é porque não consigo me desfazer das pessoas que gosto. Sou amigo pelas razões mais simples. Sintonia a gente não precisa explicar ou justificar, né? Querer ter isso tudo de cada um é inveja? Longe disso. É mais que admiração. É conseguir enxergar no outro tudo aquilo que me falta, e na convivência aprender com cada um deles. Falta-me experiência, faltam-me inúmeras virtudes. Mas não faltam-me pessoas com quem compartilhar minhas alegrias, aflições e enfim: ter na minha vida um pouquinho mais de felicidade.

Um abraço apertado, daqueles que só os amigos de verdade sabem dar,

Gui

Anúncios

Tags:

23 Respostas to “carta amarela #59 – da convivência”

  1. Bettina Says:

    Que liiiindo! Adorei. E, embora não nos conheçamos pessoalmente, um abraço beeeem apertado para vc! 😉

  2. Christiane Vasques Says:

    Eu acho que você deve ser uma pessoa tão incrível quanto seus amigos.
    E eu queria escrever textos lindos e inspiradores como os seus! Aliás, já disse aqui que te queria como amigo, né Gui? rsrs Beijos

  3. Arizio Melo Says:

    Gui Queridissimo
    Sempre Luxuoso!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Bjs de Arizio e Roger

  4. Lorena Borges Says:

    Não te falta nada, sabe por que? Porque você tem um pouquinho de tudo isso ai de bom que você citou de cada um de nós! O que te torna uma pessoa tão amada e com tantos amigos! Ou tá achando que é fácil fazer um rol de amizades desse tamanho sem ser uma pessoa especial também?

  5. Lily!!! Says:

    Que honra estar nesse post!!!! Amei amei amei!! É exatamente tudo o que tenho sentido pelo que estou vivendo nesse momento!!!
    Doida para te ver!!! Dia 28 estamos aí, né?!!

  6. All We Need is Food Says:

    Que lindo o texto, Gui (já tô íntima já que você assina assim).
    Queria te contar uma coisa. Apesar de você não me conhecer, já me ajudou há um tempinho me respondendo um negócio sobre a Ferrandi. Vou fazer o Intl Programa de Cuisine com início em setembro deste ano. Estava na maior dúvida se investia pesado nesse ou se fazia vários outros menores para administrar melhor o meu budget, mas decidi arriscar tudo e fazer o que o meu emocional estava mandando.
    Será que um dia podemos bater um papo sobre carreira, Gui? Queria saber como as coisas estão indo para você, as dificuldades que você teve e tem, se está tendo retorno etc. Sei que estou sendo bem mala com esse pedido, mas se a gente puder se falar por skype ou então aqui em Paris quando você vier em setembro, vou adorar.
    Muito obrigada.
    Beijos,
    Letícia

    • gpoulain Says:

      pode me chamar de Gui sim! 🙂

      olha só! fiquei feliz por você! acho que os cursos pequenos te ensinam, mas não é uma formação profissional mesmo (se é isso que você deseja). podemos conversar sim! se preferir por skype não tem problema, mas se aguentar me esperar até o fim de agosto a gente marca de você me apresentar aquele bolo de cenoura de Paris que você me contou e podemos papear a vontade!

      um abraço, com afeto!

      • All We Need is Food Says:

        Oi Gui,
        Vou te esperar aqui então e daí a gente vai no Nanashi, come o bolo de cenoura e papeia à vontade. Chego de viagem no dia 30 de agosto, sexta-feira, e vou ter todo o tempo livre até antes do curso começar no dia 03 de setembro.
        Muito obrigada!
        Abraços com afeto,
        Letícia

  7. scarlett Says:

    Como sempre seu texto deixa a sensibilidade fluir… Completar nossos fragmentos com fragmentos dos demais é uma tarefa virtuosa bjs mil

  8. Gianfranco Briceño Arévalo Says:

    nem sei o que dizer, que lindo você é Gui ❤

  9. Marina Costa Says:

    Como sempre suas cartas são tão deliciosas quanto suas receitas, mas dessa vez deu até vontade de entrar pra essa lista! Gostinho de quero mais…bjos e parabéns pelo blog!

  10. All We Need is Food Says:

    Gui,
    Não te perguntei se a partir do dia 30 de agosto funciona para você (vai que você vai embora ainda antes do dia 30). Se funcionar, qual é a melhor forma de eu te contatar para a gente combinar? E-mail? Te sigo no Instagram, então se for por lá, tranquilo.
    Muito obrigada, bjs,
    Letícia

  11. Érika Says:

    Gente!

    Tava aqui pensando na vida, nos amigos da família…
    Combinei um almoço com meus pais e pensei que queria algo especial, não necessariamente uma comida chique, mas dessas que a gente faz com carinho. Aí, claro, veio seu nome no pensamento. Vim pro blog. Entre receitas, aquarelas e fofurices leio esse post. Perguntei pra mim mesma, indignada: como eu não tinha lido antes? Como?!

    É lindo, amigável, descomplicado e fofo, como você.
    Sabe Gui, percebemos nos outros um pouco (ou muito) do que somos. São reflexos, correspondências, “sintonias”, um tanto de nós mesmos espalhado entre as pessoas que nos cercam. Afinidades!

    Sou feliz por ter você por perto. Feliz ainda por você ter todas essas pessoas com você.

    Um abraço, um beijo e um bolo de queijo

  12. Claire Says:

    Que lindeza!
    Você pode não ter, talvez, as características de um ou de outro, mas tem essa sensibilidade amorosa cativante rara!
    Fiquei fã!
    Um beijo e parabéns por TUDO.
    LINDO BLOG, receitas maravilhosas, ilustrações inspiradoras, tudo de bom!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: