o escolhido foi você

Não costumo ter um livro de cabeceira, desses que a gente vira e mexe folheia e relê. Mas sou conhecido por sempre ter um livro na cabeceira da cama. Gosto de ler antes de dormir. Decidi compartilhar aqui os livros que me inquietam e tornam meu dia a dia ricos. Mais que colorindo minha cabeceira, são eles a colorir meus pensamentos.

na_cabeceira

Ao entrar numa pequena livraria na Antuérpia dei de cara com um livro que logo de cara dizia: It Chooses You. E logo abaixo, o nome da escritora, alguém que admiro. Não resisti, claro. Aquele livro de alguma forma me escolheu. E foi minha primeira leitura em 2013.

Quem nunca ficou curioso sobre quem está e qual a história por trás de pequenos anúncios de classificados? Bom, a diferença entre a maioria das pessoas e Miranda July é que a maioria simplesmente se pega imaginando. Enquanto isso, July, escritora, roteirista e diretora (do adorável Me and You and Everyone We Know) foi atrás de algumas dessas pessoas que ela lia nos classificados para descobrir a história por trás deles.

it_chooses_you

Miranda estava na época com sérias dificuldades em escrever o roteiro do seu segundo filme (The Future), e resolveu ir atrás dessas pessoas.

Assim como um programa de TV que adoro, Chegadas e Partidas, de Astrid Fontenelle, July descobre histórias inusitadas, tocantes e as escreve em sua particular visão de mundo. Entre seus problemas, entre suas neuroses, ela entrevista essas pessoas que não tem maiores pretensões do que vender uma jaqueta de couro a 10 dólares para ganhar qualquer trocado. E ali, nisso pouco, reside um monte de vida. Entre fotografias e entrevistas, suas próprias reflexões.

A grande beleza de ‘It Chooses You’ é descobrir que no fim, ao buscar a vida dos outros, a gente mesmo pode refletir nas nossas próprias buscas. E também se aventurar na mente de uma das mais adoráveis e estranhas diretoras de filmes da atualidade.

O Escolhido Foi Você (It Chooses You) / Miranda July / Editora Cia das Letras

Anúncios

Tags: , , , ,

Uma resposta to “o escolhido foi você”

  1. top 5 2013 – livros e cartas amarelas | Says:

    […] Em crise ao escrever seu último filme, The Future, Miranda July resolveu ir atrás de pessoas que vendem coisas por classificados. Entre entrevistas, descobertas de histórias de vida, ela descobre novos sentidos para o seu filme, e também, pra sua vida. [a resenha completa aqui] […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: