cookies de chocolate

Somos todos iniciantes em alguma coisa na vida. Quão difícil é encarar algo novo? Aquele frio na barriga do primeiro dia de faculdade, do primeiro dia de trabalho? A sensação extasiante e um pouco sofrível de um primeiro encontro? Isso pra falar de coisas que geralmente todos vivem, porque cada um tem seus começos particulares, não?

Dia desses vi Toda Forma de Amor, que originalmente se chama Beginners (iniciantes). O filme começa com Oliver (Ewan McGregor), um ilustrador frustrado com a vida, arrumando o apartamento do seu pai recém falecido, Hal (Christopher Plummer). Sua mãe morreu 5 anos antes, e, logo que isso aconteceu seu pai se assumiu gay. E esses 5 anos foram os anos mais próximos na relação pai e filho. Logo após o falecimento do pai ele conhece Anna (Mélanie Laurent), uma atriz francesa, e decide que, a partir do que aprendeu da vida com esses 5 últimos anos do pai, quer pela primeira vez conseguir manter um relacionamento. É um filme que apesar de cheio de crises de identidade (e quem não as tem?), é extremamente humano, tocante, doce e inteligente. E ainda tem um cachorro. Que “fala”.

Muito mais que recomendar o filme (já é um dos meus filmes preferidos do ano e eu mesmo já vi… er… 3 vezes), que sai em DVD aqui no Brasil no dia 23/11, não consigo vê-lo sem fazer reflexões pra minha vida. Quantas vezes a gente sente vontade de largar tudo e começar de novo? Eu mesmo já fiz isso, quando larguei o design gráfico e duas semanas depois parti pra Argentina pra fazer gastronomia. Cheguei a ouvir: “Você não está velho pra começar outra profissão não? Quer perder seus anos de estudo da primeira?”. E não dei a menor bola. Temos nossas preocupações, mas eu acho que nunca é tarde pra mudar e pra querer ser feliz de outra forma. Sei que costumamos procurar no externo (trocar de profissão, namorado, mudar de país). Honestamente, já fiz isso e nunca é a resposta. Quando buscamos nesse externo, essa próxima felicidade é sempre passageira e a gente logo cai naquela mesma rotina, sabe por quê? Porque continuamos sendo a mesma pessoa. Se a gente tem que começar por alguma coisa, que tal começar mudando a gente mesmo? E nada de ficar na teoria… Usando aqui pra fechar esse texto, uma frase do filme, em que Oliver pergunta ao Hal porque ele quer mudar tanto a vida: “I don’t want to be just theoretically gay.”

Pedi pra hoje algo doce. Essa receita de cookie é fácil e gostosa. Estamos acostumados a dizer que a vida é amarga demais… Mas será que é a vida que é amarga ou nós mesmos?

:: 100g de manteiga sem sal em temperatura ambiente

:: 150g de açúcar mascavo

:: 1 colher (chá) de essência de baunilha

:: 1 ovo

:: 150g de farinha de trigo

:: 35g de cacau em pó

:: 1/2 colher (chá) de fermento em pó

:: 150g de gotas de chocolate meio amargo

Pré aqueça o forno a 180ºC. Bata a manteiga com o açúcar mascavo, usando uma colher. Junte a baunilha e o ovo e bata mais um pouco.

Misture a farinha, o fermento e o cacau em uma vasilha e aos poucos vá acrescentando isso à mistura previamente feita, até ficar homogêneo. Junte as gotas de chocolate e misture.

Forre uma assadeira com papel manteiga e com a colher (uso uma colher se sopa como medida) vá colocando porções nela, deixando bastante espaço entre um e outro pois a massa esparrama pela assadeira com o calor. Asse por cerca de 12 minutos. Retire e deixe esfriar, de preferência sobre uma grade.

Rendimento :: 25 cookies

Tempo de preparo :: 40 minutos

Dificuldade :: fácil

Anúncios

Tags: , , ,

16 Respostas to “cookies de chocolate”

  1. Stephanie K. Says:

    Ótima dica de filme, e receita idem!
    Tenho uma perguntinha, essas gotas de chocolate eu venho querendo comprar para uma receita de bolo que estou querendo fazer…e também para fazer os cookies…qual marca vc usa? Porque eu seeempre procuro nos mercados e só encontro umas marcas bem duvidosas…tenho medo de estragar a receita com um chocolate ruim…mas agente nao encontra muitas opçoes…help? =)

    • gpoulain Says:

      pois é, nunca comprei de marcas conhecidas como Garoto e Nestlé até porque acho que não tem! já comprei de várias marcas por aí e nunca tive problema, até a granel já comprei. sempre foi meio no escuro mesmo, mas provando nunca tive problema. a última que comprei (acabei de confirmar no armário da cozinha porque não sabia qual era!) foi da marca Mavalério. não é a melhor que já comprei, mas sempre que coloco nos meus doces fica bem bom.

  2. Says:

    Passando para elogiar o post depois de mtos dias de ausência, mas estou lendo sempre.
    Vc caprichou nessa receita hein. Já foi pra lista e o filme tbm!
    Bjs

  3. Paulo Andrade Says:

    Fiquei super curioso pra ver o filme e adorei a trilha.
    Acho que vou até me arriscar nesse cookie…
    Abs

  4. gpoulain Says:

    Jô, você é sempre bem vinda. fico muito feliz que você goste e esteja sempre por aqui. é de casa há anos!

    Paulo, assista! não sou o único a gostar, ele é bem unanimidade entre a crítica, e meus amigos que assistiram também gostaram muito. e se arrisque no cookie. e venha contar depois como ficou.

  5. Giuliana Mesquita Says:

    leio seu blog há um tempo já, procurei uma receita de cookies aqui esses dias e fiquei muito feliz quando achei essa.

    eu já tentei fazer várias receitas de cookie, mas todas elas ficam muito finas pois quando coloco no forno elas “escorrem” inteiras. já pensei em usar forminhas, mas vi que você fez sem.

    não sei se é proque usei a manteiga derretida, ou porque uma das vezes usei margarina, ou porque nao uso o papel manteiga, mas queria que você me ajudasse auhhuauha pq fico muito frustada com os cookies finos e que acabam grudando um no outro.

    obrigada desde já!
    beijos

    • gpoulain Says:

      oi Giuliana! então, do que eu saiba, qualquer receita de cookie escorre mesmo. por isso disse no post que a gente tem que colocar bastante separado um do outro mesmo pra não grudar. o papel manteiga no caso serve pra facilitar a retirada dos cookies, pra você não quebrá-los nem nada. Acho que não tem problema a manteiga derretida porque de toda forma ela derrete no forno (e isso mesmo é uma das coisas que deixam a massa escorrer). sobre a margarina, não use! acho que margarina deveria ser abolida da face da terra! hahaha.

      olha, o que eu posso te dizer é: tenta fazer essa receita, seguir o passo a passo direitinho… cookies sempre vão ser finos mesmo (mas parece que os seus ficam muuuito finos né?). nunca tive problema. só lembra de deixar uns 5cm entre cada um ao menos! e qualquer coisa vem aqui me falar. beijos.

  6. Silvia Salles Says:

    Amei, como sempre.

  7. lembrancinhas de comer « Says:

    […] cookies de chocolate […]

  8. top 5 :: 2011 « Says:

    […] Outro filme que já falei por aqui. […]

  9. gisellerose Says:

    Tô apaixonada pelo seu post!!!

  10. lembrancinhas de comer « Says:

    […] querida Brit me ensinou. Pra quem não quer se aventurar na manteiga de amendoim, temos também os cookies mais […]

  11. JuRodrigues Says:

    Nossa, muito gostoso esse cookie, e fácil de fazer também. Adorei a receita!

  12. Nat Says:

    onde voce acha gotas de chocolate meio amargo aqui em bh? ja procurei e nunca achei, fico com medo de usar de chocolate ao leite e desandar a receita. optei por picar barras de chocolate meio amargo qdo vou fazer meus cookies.

  13. presentinhos de comer | Says:

    […] comigo, me ensinou. Pra quem não quer se aventurar na manteiga de amendoim, temos também os cookies mais […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: