Paris – a comida

No post do miniguia de Paris eu não falei sobre a comida como fiz nos outros. O post já estava enorme e resolvi separar. Mas não podia deixar de comentar sobre isso, não é?

Minha primeira dica: Se empanturre de comida típica francesa. Isso mesmo, tem como resistir a um magret de canard? Experimente escargots, fois gras, confits… Um restaurante ótimo para isso é o Chez Janou, onde comi o magret de canard da foto abaixo. Delicioso. E peça a mousse de chocolate de sobremesa. Eles trazem uma tigela enoooorme de uma deliciosa mousse e você serve em seu prato o quanto quiser. Como diz meu amigo Rodrigo: O garçon ATOCHA mousse.

Saí da Itália não querendo mais ver pizza, mas num fim de noite depois do La Perle passamos numa pizzaria fofa e levamos 3 pizzas para comer no hotel. A pizzaria se chama Pink Flamingo (que tem como lema The future is pink!) e é um lugar super divertido com pizzas inusitadas! Comemos a Almodovar (minha preferida) que nada mais era que uma paella (sem o arroz, claro) como recheio. Também pedimos uma de OITO queijos e uma de figo com presunto. Todas deliciosas. Sei que os italianos revirariam se vissem esses tipos de recheio, mas achei divertido e ótimo pra terminar a noite com mais vinho no hotel.

Além dos salgados se empanturre de… doces! Nunca fui muito de comê-los, mas é impossível não comer que seja com os olhos. São tão lindos e em lojas tão lindas! Como disse no post dos macarons, a marca mais tradicional é a Ladurée, que tem loja até no Palácio de Versailles (a da foto abaixo foi tirada lá). As embalagens são fofas também, dá vontade de levar tudo (mas digamos, o preço não é assim muito doce…). Só não vale comparar meus monstrinhos (a.k.a. macarons de limão siciliano) com os da Ladurée, tá?

Outro lugar tradicional é a maison Angelina. Todo mundo disse que tem o melhor chocolate quente do mundo e eu gostei bastante! Dá até pra comprar garrafinhas e trazer para o Brasil. Não experimentei os doces mas a Lu Ferreira me disse que os macarons de lá são até melhores que os da Ladurée.

Além disso aproveite gastronomicamente cada canto da cidade. Até o McDonalds vale! Lá tem as frites deluxe, melhor batata frita da vida! Como diria Julia Child: “EAT! Don’t be afraid!”. E bon appetit!

Fotos :: Marcus Martins (Chez Janou e Angelina) e Lu Ferreira (Ladurée)

Anúncios

Tags: , , , , , ,

7 Respostas to “Paris – a comida”

  1. Rodrigo Otávio Says:

    Nossa, as frites deluxe do McDo são incríveis!!!

  2. Says:

    Frites deluxe.. coisa de Deus.
    O bom de Paris é esbarrar num bistrô, naqueles tentadores “Menu du jour” e se esbaldar. Ô.. já pode ir correndo?

  3. Says:

    E o famoso sorvete da Maison Berthillon? Experimentou?

  4. CLARA MESQUITA Says:

    Esse seu post me deixou morrendo de vontade de voltar a Paris.O chocolate quente do Angelina é realmente sensacional e também adorei os macarons de lá.E relamente concordo com vc sobre a frites deluxe , me viciei nelas ainda mais que tinha um molinhode ervas lá delicioso, que super combinava com elas!!!

  5. Lidia Says:

    Vc me lembra tanto a Yarinha! Adouro gente rica assim que passeia pelo mundo virando cambalhotas!

  6. Ladurée :: Sucré :: the recipes « Says:

    […] tempo atrás estive em Paris e conheci a Maison Ladurée, como contei nesse post. Para quem não sabe é uma confeitaria tradicional francesa fundada em 1862 em Paris. Lá foram […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: